Cárcere Escuridão

wrath1Noites varridas pelos tormentos de minha alma…
Carne, sangue, loucura, fogo e escuridão…
As palavras que escorrem pela minha mão…

Sem memórias, sem inspirações…
Fogo na minh’alma, nas minhas multidões…

Cai a tarde e estende-se o manto do luar…
Vaga a alma e espelha-se o meu olhar…
O reflexo de minha sanguinária solidão…
Aos tragos… largado em minha escuridão.

Convivo com o Diabo e com ele reino minha danação…
Enlouquecido pelos planos traçados no passado…
Amotinado em minha própria escuridão…

Há sangue nos meus lábios…
E cinzas em minhas mãos…
Há fogo em meus olhos…
E fúria em meu coração…

Rosa negra…
Sentinela nas sombras…
Vulto de volúpia…
Restos na escuridão…

Minhas palavras…
Minha maldição.
Meu cárcere…
Minha escuridão.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: