Senhores das Tempestades

Nos tempos de hoje as pessoas tendem a viver suas vidas maquinicamente, como hospedeiros de virtudes massacradas por algo muito além de sua compreensão.

Nos tempos de hoje pessoas contentam-se em viciar seus olhos nos dramas estuprados pela canibalização do homem.

Nos tempos de hoje o mundo, dizem, é dos espertos. Mas quem são os espertos?

Perpetuadores da própria disolação. Incautos garotos manipulando chamas além de seu controle. Brincadeiras de dominação, força e sangue, opressão e horror, guerras e furor desenfreado.

Mais dias que passam. Mais gente que vem e vai. Mais titereiros se amontoam à frente de seus templos dourados de louvor e poder. Mais clérigos da desforra escravizados por suas próprias ambições. Encarcerados em abismos infindáveis que se fecham a cada grito de dor.

Gozam do poder que estupram para obter. Gozam do poder que matam para ter. Gozam do poder que enganam para ter. Suas essências humanas choram no fundo de suas almas negras, enquanto submissos às suas vontades organizam motins e conspirações, ávidos por farrapos do linho dourado que encobre os ‘espertos’.

Eu temo pelos ‘espertos’. Eu realmente temo por se transformarem em monstros de ferro, ouro e dor, insensíveis à grandiosidade a ser explorada nos penhascos abertos em suas mentes pelo mundo que os cerca.

Eu temo pelos ‘espertos’ e pela fúria que vêm causando aos Senhores da Tempestade. Eu temo pelo tempo que corre mais rápido, sem deixar marcas, sem deixar sinais, sem abrigos, sem deixar algum cais.

Dizem as lendas sussurradas em meus pesadelos que as Tempestades cunharão no homem a força para ascender, para transcender, para caminhar à frente da Revolução.

Dizem-me os diabos que dormem nos meus sonhos que pouco restará dos espertos, cujo legado é apenas material. Pouco restará dos espertos cuja ambição enlouquecida por mais é o único legado.

Dizem-me que já zarparam as Hordas. Dizem-me, alucinados, que o Senhor Supremo das Tempestades já hasteou flâmulas e velas.

Dizem-me: “Tarde demais!”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: