Irmãos de Estrada

Eu renego o tempo e sua vastidão…
Sou caçador da matilha, meu irmão!

Eu sonho os céus, os raios, os trovões…
Sou caçador das fúrias, dos Úrias, e seus grilhões…

Sinto quando queima a chama do adeus…
Sou filho de todos menos de deus…

Hora de seguir o caminho, sem destino, sem sorte…
Hora de desafiar o mundo, seja a vida, seja a morte…

Na flâmula vermelha explodo em compaixão…
Força dos fortes em verso louco de amor razão…

Conclamo meus irmãos e amigos para nova caçada…
O preço da loucura é a liberdade plena em alvorada…

Não importa mais quem vai ou fica na jornada…
O caminho mais prudente é o que não está na estrada!

Conclamo meus irmãos e amigos para nova caçada…
O preço da loucura é a liberdade plena em alvorada…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: