Reflexo de Lâmina

Houve tempo em que o céu estava mais próximo…
Os prédios menores, os dias melhores…
Houve tempo em que eu era ingênuo…
Um inocente, uma vítma de tempos imorais…
Hoje, sangue nos lábios e fúria nos olhos…
Em estado de plena loucura não sou vítima mais!

Fui atacado pela angústia do instinto…
Fui sitiado pela necessidade de sobrevivência…
Entregue aos meus mais solenes valores…
Escancarados nos meus olhos marejados…

Lancei-me à Guerra…
Ao pranto dos guerreiros…
À batalha dos loucos…
Enfrentada por todos…
Compreendida por poucos…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: