À Loucura

Uma Casa no Horizonte

Há uma casa na linha do horizonte… Nas ruínas de todas as coisas, nos mais profundos calabouços nos céus… Há uma casa na linha do horizonte… E eu torço para que um dia estejamos por lá.

Fito esta casa todo fim de tarde, pela janela do labor ou nos campos da minha cidade… Esperando entender o que reside lá… Quem são os habitantes das loucuras daquele chão…

Manifesto à loucura do horizonte e os tesouros de sua imensidão… Resto do que do que foi, do que será… Um trago dos tempos, imerso na essência da própria paixão!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: